Dicas sobre empréstimo consignado

 

 

 

 

 

 
SERVIDORES DA EDUCAÇÃO SÃO CAPACITADOS EM OFICINA DE PREVIDÊNCIA

Depois de realizar diversas oficinas para os servidores das áreas de Gestão de Pessoas dos órgãos da administração do Estado com o objetivo de aprimorar normas e procedimentos voltados à instrução dos processos de aposentadoria, a Funape promoveu, nos dias 24 e 26 de agosto, capacitação para os servidores dos Núcleos de Atenção ao Servidor (NAS) da Secretaria de Educação com a finalidade orientar os servidores sobre benefícios previdenciários de aposentadoria e pensão.

A III Oficina foi realizada para um grupo de 34 profissionais que atuam como assistentes sociais, psicólogos e fonoaudiálogos nos Núcleos d e Atenção ao Servidor da Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste e Sertãoe de Pernambuco e exercem atividades de informações sobre direitos e deveres dos servidores em relação aos benefícios previdenciários. Os participantes receberam orientação sobre pedidos de aposentadoria, pensão por morte, auxílio reclusão, salário família para o servidor aposentado, tipos de regras de aposentadoria, além de outras informações.
 


Servidor há nove anos, Fabrício Costa achou importante a capacitação


“Essa capacitação é de grande valia para nós do NAS, que através dessas informações podemos passar os esclarecimentos necessários e ter mais conhecimentos nas nossas atividades”, disse o servidor Fabrício Costa. De acordo com a instrutora e técnica do curso, Josy Araújo, “a Funape tem a preocupação de estar sempre capacitando os servidores para que sejam oferecidos serviços de qualidade aos seus segurados”. A técnica previdenciária, Ana Didier coordenou o evento.

 
PALESTRA MARCA DIA DO ESTAGIÁRIO NA FUNAPE

O número de estagiários da Funape nem é tão grande assim, mas os cuidados com o futuro profissional dos estudantes, esse, tem maior dimensão dentro da instituição. Para marcar o Dia do Estagiário, comemorado em 18 de agosto, a Coordenadoria de Gestão de Pessoas promoveu, na quinta-feira (19), a palestra Estratégia de Inovação para o Auto desenvolvimento com a psicóloga Ericka Patrícia.

A iniciativa ganhou ainda mais reforço com as palavras do economista e diretor de Arrecadação e Investimentos da Funape, Fábio Sobral. Com a experiência que adquiriu na vida profissional, mas sem esquecer os tempos de estagiário, Sobral falou para uma plateia ávida de conhecimentos, que “a primeira fase da experiência profissional é muito importante.Tudo é novo e esse é o momento de aprender, de tirar dúvidas, de fazer perguntas, para que o estagiário de hoje se torne o profissional preparado do futuro”.
 


A estudante Patrícia Maria que já tem como meta profissional ser juíza

 

Atentos, os aprendizes passaram a ouvir a palestrante que falou sobre a vida e as suas transformações. Como exemplo, citou o caso da lagarta que depois de quebrar o casulo se torna uma linda borboleta. “O que a gente está fazendo para mudar a vida?”, indagou Ericka Patrícia? Ela seguiu chamando a atenção dos estagiários para a proatividade, forma de uma pessoa adquirir o máximo de conhecimentos e antecipar-se aos fatos. Proatividade é sinônimo de iniciativa, de superar as expectativas iniciais. A palestrante fez um alerta ao comodismo. “Não se deixem levar pelos fatores inibidores da criatividade, rotulando situações, criando riscos e colocando obstáculos onde não existem. Tenham alvo, tenham foco. Tenham atitudes de pessoas criativas”. A palestrante deu algumas dicas: confie no seu potencial, tenha curiosidade, tenha disposição para enfrentar desafios e experimentar, tenha perseverança e seja um eterno aprendiz. Ande com um bloquinho de notas e sempre que tiver uma idéia, tome nota.
 
Expectativa com o futuro

Para o estagiário do Ensino Médio, Jonas Silva, “a palestra foi ótima! Me ensinou várias coisas. Me ensinou a não desistir e ter novas idéias, inovar”, disse animado. Estudante também do Ensino Médio, a estagiária Danyelle Maria, dividida entre a timidez e o encantamento com o que acabara de assistir, declarou: “meu Deus do Céu! Achei maravilhosa! Abriu minha mente para a criatividade. Posso inovar. Essa palestra deu para eu separar coisas que quero e que não quero”. No caso da estagiária Patrícia Maria (Ensino Médio), a palestra foi um estímulo a mais. “Precisava de mais motivação. Já tenho planos e metas para minha vida profissional, mas precisava de palavras de confiança. Absorvo todos os dias um aprendizado diferente, que pode gerar mudanças”, afirmou. Indagada sobre o seu futuro profissional, não se fez de rogada. “O que eu quero ser? Vou fazer o curso de Direito e ser juíza”.

 
FUNAPE FAZ PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL

Com o objetivo de aprimorar a qualidade do ambiente de trabalho, meta do planejamento estratégico da Funape, a Coordenadoria de Gestão de Pessoas, responsável pelo trabalho, entregou, na segunda-feira (7), o resultado da pesquisa de clima organizacional realizada com os servidores, em abril.

O questionário apontou anseios e demandas dos servidores que serão transformadas em planos operativos como forma de potencializar a política de gestão de pessoas. Entre as metas estabelecidas estão: desenvolver atividades ao bem estar do servidor; aprimorar a política de capacitação; aprimorar o programa de integração para os novos servidores; modernizar o parque tecnológico da Funape; criar e implementar sistemática de compartilhamento de informações entre as áreas e ampliar e aperfeiçoar o atendimento previdenciário.
 


Tatiana Nóbrega explicou as metas que serão trabalhadas ainda em 2015

A presidente Tatiana Nóbrega, que fez a apresentação dos dados da pesquisa disse que, “a  partir desse resultado, a Funape vai elaborar as metas voltadas ao bem estar do servidor e à melhoria das condições de trabalho na instituição, que estarão no planejamento estratégico 2016 - 2019, trabalhado de acordo com o modelo integrado de gestão do Governo do Estado.

 
EMPOSSADO NOVO PRESIDENTE DO CONSELHO FISCAL

Na manhã da quarta-feira (8), a presidente da Funape, Tatiana Nóbrega, assinou o termo de posse do mais novo dirigente do Conselho Fiscal desta Fundação: Severino Dias, auditor da Secretaria da Fazenda do Estado.

"Falar de previdência é falar do futuro e nós trabalhamos aqui cuidando do nosso futuro para que, daqui a 10, 20 anos, os nossos servidores tenham um regime sustentável", declarou Tatiana Nóbrega aos membros do Conselho. Ela se referiu ao novo modelo previdenciário dos servidores que ingressarem por concurso a partir da vigência da LC nº 257/13, que vai trazer sustentabilidade ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), por instituir a segregação de massas com um regime de capitalização. O atual modelo acumula um déficit crescente, por ser um regime de repartição simples, que depende de um número de servidores ativos hoje insuficiente para manter os futuros aposentados.
“Desejo um bom trabalho para este mandato e que vocês possam continuar as suas atividades com êxito e eficiência", disse em sua saudação.
 


Após ser empossado, Severino Dias fala sobre os desafios como novo presidente do Conselho Fiscal


“Eu agradeço a confiança e sinto-me em casa", disse o novo presidente do Conselho. "Nós temos um desafio e representamos uma comunidade de servidores que acreditam na sua previdência e que no futuro essa previdência vai honrar os seus compromissos. O Estado tem se preocupado com a gestão previdenciária e criou o novo modelo, que, acreditamos, vai garantir os benefícios dos seus segurados. Vamos trabalhar com esse objetivo”, afirmou Severino Dias.

O Conselho Fiscal é o órgão superior de fiscalização e controle interno da Funape e tem em sua estrutura cinco membros titulares: o presidente, Severino Dias, Paulo Galdino da Silva (Sefaz), Araken Ypiranga Júnior (TCE), Armando Barrozo Lopes e Hélvio Rodrigues de Lima (CUT), além de quatro suplentes, todos com formação superior de reconhecida capacidade e experiência comprovada, preferencialmente, nas áreas de seguridade, administração, economia, finanças, contabilidade ou direito.

 
POLICIAIS MILITARES E BOMBEIROS PARTICIPAM DE OFICINA NA FUNAPE

A II Oficina de Formalização de Processos voltada para os Policiais Militares e Corpo de Bombeiros, realizada nos dias 16 e 18 de junho, no Centro de Treinamento Previdenciário da Funape (CTP), encerra as atividades em parceria com os órgãos do Governo do Estado, meta do planejamento estratégico, iniciadas em março de 2014.

A capacitação dirigida aos servidores das áreas de Gestão de Pessoas visa agilizar a tramitação dos processos de aposentadorias, desde sua origem no órgão ou entidade ao qual o servidor está vinculado, com a correta instrução e critérios necessários à sua formalização.

“Foi muito proveitoso, porque a gente discutiu os procedimentos para facilitar a ida do policial para a reserva, quando ele completa seu tempo de serviço. A ideia é distribuir as tarefas para as Unidades de Gestão de Pessoas dos Batalhões, para diminuir o tempo de andamento de um processo e assim dar celeridade à aposentadoria”, disse o Major do 11º Batalhão da PM, Flávio Márcio da Silva. Afirmação que é comungada pelo Capitão Freitas da Diretoria de Gestão de Pessoas(DGP) do Quartel da Polícia Militar: “o interesse da Funape em resolver essas pendências existentes nas instruções dos processos que dificultam a concessão de aposentadorias, fez com que fosse realizada a II Oficina fazendo a integração das UGPs dos Batalhões com a DGP, setor responsável pelo encaminhamento dos processos à Funape. Agora, as unidades vão poder orientar melhor os policiais que solicitarem a aposentadoria e instruí-los sobre os documentos corretos e isso dará mais agilidade à concessão do benefício”, explicou o Capitão.

A instrutora da Oficina e técnica em Previdência, Josy Araújo explicou que todos os documentos anexos ao processo devem ter cópia legível com autenticação em cartório ou a comprovação dos originais, contendo nome, matrícula e rubrica. A exceção fica por conta da Certidão de Tempo de Contribuição (CTC), expedida pelo INSS ou outros Regimes Próprios Previdência Social (RPPS), caso tenha averbado tempo de contribuição, que deve ser obrigatoriamente original.


Os policiais recebem orientações da técnica Josy Araújo

 
CONSELHO FISCAL DA FUNAPE RECEBE NOVOS MEMBROS

A presidente da Funape, Tatiana Nóbrega, deu posse, na manhã da segunda-feira (15), a quatro novos servidores que farão parte do Conselho Fiscal, órgão superior fiscalizador e de controle interno da Fundação. Em sua saudação aos novos integrantes, Nóbrega anunciou a realização de três cursos de capacitação para os conselheiros, nas áreas de Economia, Atuária e Investimentos, todos voltados à realidade dos Regimes Próprios de Previdência Social.

Na ocasião, foram empossados os conselheiros Paulo Galdino da Silva (Sefaz), Araken Ypiranga Júnior (TCE), Armando Barrozo Lopes e Hélvio Rodrigues de Lima (CUT). Os ex-integrantes do Conselho (Saulo Batista Ventura -Sefaz, Marconi Oliveira Nascimento -TCE, José Martins da Silva e Haroldo de Souza Figueiredo Filho - ambos da CUT) foram agraciados com placas comemorativas em reconhecimento aos trabalhos prestados.
 


O conselheiro José Martins foi um dos agraciados com a placa comemorativa


O presidente do Conselho Fiscal e atual secretário da Controladoria Geral do Estado (CGE), Rodrigo Amaro, ressaltou o empenho dos conselheiros durante a permanência no órgão e falou da importância da renovação dos mandatos para que possa manter o Conselho Fiscal vivo sob a regularidade das gestões.

Mapa Estratégico

Serviços