Dicas sobre empréstimo consignado

 

 

 

 

 

 
COMITÊ DE INVESTIMENTOS DA FUNAPE REALIZA PRIMEIRA REUNIÃO DE 2020

O Comitê de Investimentos da Funape (Fundação de Aposentadorias de Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco), realizou nesta terça-feira (14), a primeira reunião de 2020, com o objetivo de analisar o desempenho anual dos investimentos do Funafin (Fundo Financeiro de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco).

O Comitê é formado por Tatiana Nóbrega, diretora-presidente da Fundação; Fábio Sobral, diretor de Arrecadação de Investimentos (DIN); Maurício Benedito, diretor de Previdência Social (DPS) e os assessores, Alfredo Pessoa Filho e Vânia Gonçalves (DIN), e Mauro Bernardo, assessor de Planejamento.

 
MOSTRA DE ARTE E FEIRA DE ARTESANATO NA FUNAPE

Entre as diversas atividades do Programa Vida Ativa, destaca-se o o Curso de Pintura, que hoje (5) e amanhã (6), realiza a II Mostra de Arte em Óleo sobre Tela com obras criadas pelos beneficiários do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). A abertura do evento contou com a apresentação do coral formado por aposentados e pensionistas integrantes do programa. Nesta quinta-feira também teve início a Feira de Artesanato com uma grande variedade de produtos e artigos natalinos.


 

 

Sob a batuta do professor de música, Alersson Queiroz, o coral formado pelas beneficiárias Cleide Brasil, Márcia Lopes, Virgínia Gurgel, Ermínia Falcão, Josete Socorro, Ivoneide Silva, Isabel Oliveira e Maria Helena Bezerra, abrilhantou o evento entoando canções do mestre Luiz Gonzaga, entre outros

 

A mostra reúne 47 obras criadas ao longo do ano de 2019, sob a orientação do professor Alexandre Freitas. O trabalho é desenvolvido com tinta acrílica a óleo em tela e um pouco de técnica de desenho com perspectiva, sombra e luz. Segundo Freitas, inicialmente os alunos recebem informações técnicas, mas o objetivo é deixá-los livres para criar. "Eles realmente percebem que têm potencial e, mesmo na terceira idade, eles conseguem fazer trabalhos maravilhosos. Eu acho que a exposição é a prova disso. A gente tem alunos que, realmente, estão se destacando no curso, artistas de verdade, que até eu me surpreendo", revelou o professor. Os quadros estão à venda e podem ser um presente para decorar a casa nesse final de ano.
 


 

A coordenadora do programa, Andréa Aragão, ressaltou a importância da dedicação dos aposentados e pensionistas ao curso, que resultou em um trabalho de qualidade e criatividade e reafirmou o objetivo do Programa Vida Ativa, em que o conjunto de ações  de valorização e integração para os aposentados e pensionistas, possibilita aprendizado e partilha de conhecimento, através de atividades educacionais, culturais e de lazer, visando a melhoria da qualidade de vida dos beneficiários.

 


A primeira integrante do Programa Vida Ativa, Jandira Vasconcelos convidada
por Andréa Aragão (D) para falar em nome dos beneficiários.


FEIRA COM PRODUTOS NATALINOS

Uma variedade de artigos natalinos podem ser encontrados na Feira de Artesanato da Funape, que teve início hoje e vai até amanhã (6). Pelos menos 13 barracas estão distribuídas na área externa do prédio, das 8h às 14h. 



 

Além de utensílios domésticos, a feira oferece ao servidor e visitante, roupas, calçados, bijuterias e  artigos de decoração, com destaque para peças que simbolizam o Natal. Você encontra desde o paninho de mesa para embelezar a ceia até enfeites mais elaborados como guirlandas e bonecos que representam o Papai Noel.

Para quem estiver interessado em comprar o tradicional bolo de rolo pernambucano ou fazer encomendas de bolos e doces natalinos ou produtos orgânicos, a feira também possibilita essa oportunidade. O seu final de ano poderá ser ainda mais feliz com a casa em total clima de Natal. Confira e aproveite!

 

 

 
ENCERRADO CONAPREV NO RECIFE

Encerrou-se, nessa sexta-feira (29), a 67ª reunião do Conselho Nacional dos Dirigentes de Regimes Próprios de Previdência Social (Conaprev), com a participação de representantes dos 26 estados e o DF. No último dia do evento, foram esclarecidas dúvidas sobre a aplicabilidade da EC 103/2019 nos estados e municípios e houve uma atualização das ações voltadas à compensação previdenciária entre os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS).
A presidente da Funape agradeceu a presença de todos reforçando a importância da atuação do Conaprev no enfrentamento das questões previdenciárias.

 
EXPERIÊNCIA DE PERNAMBUCO NA CERTIFICAÇÃO DO PRÓ-GESTÃO É APRESENTADA NO CONAPREV

Na reunião do Conselho Nacional de  Dirigentes de Regimes Próprios de Previdência Social (Conaprev), o assessor de Planejamento da Funape, Mauro Bernardo, apresentou a experiência do RPPS de Pernambuco na obtenção do certificado do Programa de Certificação  Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social - Pró-Gestão, no qual a Funape foi reconhecida nacionalmente como instituição que dispõe de práticas de gestão, que auxiliam a transparência, equidade,  prestação de contas e responsabilidade corporativa, assim como praticas estruturadoras alinhadas à sua missão e visão organizacional. Como pontos fortes do Pró-Gestão, incluem-se a utilização do mapa estratégico organizacional com definição de indicadores, metas e projetos; a política de investimentos; a gestão atuarial; o Código de Ética, a Ouvidoria e os conselhos deliberativo e fiscal.

 

 
FUNAPE E RECIPREV SEDIAM REUNIÃO DO CONAPREV, NO RECIFE

Teve início, na manhã de hoje (28), a 67ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional dos Dirigentes de Regimes Próprios de Previdência Social (Conaprev), no Recife. Entre os assuntos que serão discutidos na pauta, destaca-se a Funape e o Reciprev no Pró-gestão e os avanços na gestão na carteira de investimentos. Em sua fala na abertura do evento, a presidente da Funape e vice-presidente do Conselho, Tatiana Nóbrega ressaltou a satisfação em Pernambuco sediar a primeira reunião do Conselho, após a promulgação da reforma da previdência.

 

O Conaprev acontece emum hotel da zona sul, durante todo o dia de hoje e a manhã da sexta-feira.
A participação de representantes de institutos de previdência e ouvintes foi massiva

 
MÚSICA E MUITA ALEGRIA ANIMARAM O V CICLO DE PALESTRAS

Depois de uma semana de rodas de conversa e debates sobre tecnologia, memória, nutrição e pilates, voltados para pessoas da terceira idade, o grupo Lobas & Loucas encerrou o V Ciclo Vida Ativa de Palestras, na sexta-feira (1º).

Música, dança e muita alegria fizeram a festa dos aposentados e pensionistas, integrantes do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), comandada pelo grupo de mulheres Lobas & Loucas, que faz palestras motivacionais com pessoas da terceira idade. Com roupas e estilos exuberantes, as seis componentes do grupo fizeram relatos de suas vidas com histórias de muita superação. Elas têm mais de 70 anos (apenas uma com 56) e decidiram viver sem amarras, sem dar importância para imposições sociais, que padronizam e julgam pessoas sem respeitar nem conhecer a realidade de cada ser humano. 

Com o lema “seja você mesma, solte suas amarras, venha ser feliz com a gente, a boa Idade é agora!“, a palestra de encerramento do V Ciclo Vida Ativa proporcionou um bate-papo descontraído com os convidados e abordou sobre a quebra de regras e paradigmas impostas pela sociedade, o preconceito com a pessoa idosa, vista como alguém que perdeu a capacidade de desempenhar funções e exercer o seu papel social. “É muito importante saber que a idade cronológica não obedece à idade mental, a tua alegria, você tem que sempre despertar a sua criança interior. A gente aqui é uma irmandade, um grupo que se propôs a trazer liberdade”, justificou Vera Rabelo.

Na ocasião, também foi tratado sobre a importância de objetivar sonhos para efetivar sua realização. “São intensos os desejos geradores de motivação. É o que dá asas para voar e com ele gerar nossa motivação fazendo a vida se tornar interessante, disse Dalva Dutra à plateia. Ela explicou que é necessário sempre levar alegria, lutar e vencer. “Não se preocupe com o que as pessoas vão dizer, viva! Vá! Entre de cabeça! Nós somos lindas e livres, para usarmos qualquer coisa, desde que a gente se sinta bem”, concluiu.

Depois de passar por um câncer avassalador, que amputou suas mamas, a precursora do grupo, Dalva Dutra, decidiu realizar seus desejos mais singelos, que antes de adoecer, como mulher casada e mãe, não se permitia, por não se sentir confortável diante do preconceito social. Decidiu então se vestir como sempre teve vontade, usando roupas e adereços, que, para muitos, representa o exagero, mas que, para ela, traz bem-estar e a plenitude da autonomia, da beleza. Se saísse para algum lugar sempre se vestia de forma bem diferente do que era usual. Com o passar do tempo, encontrou pessoas que se identificavam com seus pensamentos e experiências de vida, além da maneira de vestir, e formaram um grupo para ajudar outras pessoas que passam por situações semelhantes ou que não têm coragem de realizar os seus desejos. Se uniram à Dalva, Núbia Torres, Dora Sampaio, Carmen Florio, Gilda Assis e Vera Rabelo. Elas se apresentam em eventos e espalham motivação e alegria por onde passam.

 


As integrantes do grupo contam suas histórias marcantes e de superação



O evento finalizou com os participantes dançando e cantando a música Perigosas, das Frenéticas, grupo formado por mulheres cantoras, que fez muito sucesso na década de 1980 e emblemático para o momento. Os beneficiários dançaram, cantaram e se divertiram, posando para fotos com muito riso e muito barulho.

 

A energia positiva e animadora, contagiou todos os participantes.
Homens e mulheres entraram no clima e se divertiram ao som de muita música

INFORMATIVOS

 

 

 

Serviços